Muitos já sabem que o outubro rosa é o mês da conscientização na prevenção do câncer de mama.

Uma curiosidade é que o outubro rosa surgiu na década de 90, nos Estados Unidos. O símbolo do laço rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the cure, durante a primeira corrida pela cura, na cidade de Nova York. No Brasil, a primeira campanha aconteceu em outubro de 2002 na cidade de São Paulo.

O câncer de mama, infelizmente, é o segundo tipo mais frequente no mundo e, por isso, merece tanta atenção.

E para tirar algumas dúvidas sobre o assunto convidamos o Dr. Guillaume Louvel, Médico Radio-Oncologista que trabalha atualmente no Hospital Gustave Roussy.

O relato comum entre os pacientes que chegam ao consultório para uma avaliação médica são sintomas que aparecem na região dos seios, como exemplo, nódulo na região das mamas, gânglio nas axilas e também alterações na cor da pele na mama. Nos casos mais evoluídos podem surgir metástases na região do fígado, pulmão, ossos ou cérebro.

Exemplificando, o metástase  são tumores secundários do tumor original, que vão para outras partes do corpo e formam novos tumores.

Com isso é importante que todas as mulheres a partir dos 50 anos procurem algum tipo de programa de detecção com mamografia a cada dois anos, para favorecer o diagnóstico precoce.

Se a paciente possui histórico familiar ou mutação genética deve-se procurar uma avaliação médica para realizar um percurso de exames individualizados de acordo com seu risco pessoal, por exemplo, a realização de ressonância magnética das mamas.

Os Fatores de riscos

● Falta de atividade física;
● Tratamento hormonal substituição (THS);
● Obesidade;
● Mulheres com caso de mutações genéticas ou histórico familiar;
● Bebidas alcoólicas, produtos industrializados.

Autoexame

Quando for realizar o autoexame, recomenda-se fazer em frente ao espelho e observar:

● Alteração do tamanho da mama;
● Secreção no mamilo, caso não esteja amamentando;
● Coceira, ardência e mudança de cor na pele da mama;
● Aparência de celulite e mudança na textura da pele com surgimento de rugas.
● Caroço sensível ao toque na região dos seios ou nas axilas.

Caso haja alguma presença dos sintomas acima a paciente deve procurar, primeiramente, um clínico geral para uma melhor avaliação.

Um hospital de referência nas pesquisas

O Gustave Roussy é o primeiro centro de luta contra o câncer na Europa, que trata diversos tipos de câncer em todos os estágios da doença. Considerado o 5° melhor hospital oncológico do mundo segundo a revista Newsweek.

O que fez crescer e ser considerado um hospital de referência é a colaboração entre as equipes de pesquisas e a parte clínica. Onde tem como objetivos dessa colaboração o desenvolvimento de novos tratamentos sistêmicos (quimioterapia), em que são investigados a atuação da medicação diretamente no paciente, em que são chamados de “Serviços de Fase 1”.

O Gustave Roussy foi pioneiro na medicina personalizada que investiga características moleculares de cada tumor com a finalidade de encontrar marcadores tumorais específicos, que podem ser alvos de novos tratamentos.

O uso da tecnologia para aprimoramento no tratamento

A Inteligência Artificial (IA) vem revolucionado o setor pesquisa no tratamento ao câncer em vários níveis:

● Diagnóstico Radiológico: através de uma base de imagens de radiologia a IA pode aprender a fazer o diagnóstico mais preciso.
● Diagnóstico Patológico: durante a análise da biópsia, o uso da IA pode ajudar a diferenciar tumores benignos e malignos.
● Durante o tratamento: O IA ajuda a definir o volume de irradiação que o paciente irá receber. Apenas passará pela avaliação do médico para o controle e acerto dentro do software.
● Prognóstico: a IA pode ajudar a melhorar a avaliação inicial do prognóstico dos pacientes e também melhorar a predição de resposta ao tratamento.

Nosso Convidado:

Dr. Guillaume Louvel

Dr. Guillaume Louvel

Médico Radio-Oncologista
www.gustaveroussy.fr

Inscreva-se na Newsletter #NewsMind

Gostou do Conteúdo?

Confira as nossas matérias sobre as mulheres na tecnologia:

Mulheres na tecnologia: Representatividade feminina na tecnologia

By |novembro 18th, 2021|Categories: Mulheres na Tecnologia|Tags: |

Desde 1843, quando Augusta Ada King criou o primeiro

Comentários desativados em Mulheres na tecnologia: Representatividade feminina na tecnologia

Outubro Rosa: Como a Inteligência Artificial combate ao câncer de Mama?

By |outubro 15th, 2021|Categories: Inteligência Artificial, Mulheres na Tecnologia|Tags: , , |

Muitos já sabem que o outubro rosa é o

Comentários desativados em Outubro Rosa: Como a Inteligência Artificial combate ao câncer de Mama?
Por |2021-10-26T16:07:53-03:00outubro 15th, 2021|Inteligência Artificial, Mulheres na Tecnologia|Comentários desativados em Outubro Rosa: Como a Inteligência Artificial combate ao câncer de Mama?

Sobre o Autor:

Política de Privacidade

Ir ao Topo