O ano de 2020 e 2021 foi marcado por um tempo de turbulência,não somente no campo da saúde, mas também no mundo corporativo. Com tudo isso, há algo que ainda assombra o setor da tecnologia  que vai caminhando em direção à desigualdade de gênero.

Esse artigo foi baseado no relatório anual TrustRadius Women in Tech, que teve no total de 450 profissionais da tecnologia.

Confira agora os desafios que as mulheres vêm enfrentando nesses dois últimos anos.

A pesquisa mostra que as mulheres na área da tecnologia foram impactadas pela pandemia COVID-19, em termos de esgotamento. Foi observado que elas estão enfrentando mais os impactos negativos desta crise do que seus colegas homens.

57% das mulheres entrevistadas sentem-se mais esgotadas no trabalho durante o período da pandemia. Em comparação, apenas 36% dos homens sentem o mesmo. 

A desigualdade aumenta quando 43% das mulheres pesquisadas dizem que assumiram responsabilidades extras no trabalho, quando comparado com os homens, que ficou apenas com 33%. 

Além disso, 29% assumiram maior carga de cuidar dos filhos, em comparação com 19% dos homens.

A pesquisa realizada em 2020, pela TrustRadius, disse que 85% dos profissionais da tecnologia achavam que as empresas haviam realizado um bom trabalho no tratamento da pandemia. Mas somente após um ano é possível observar que algumas das compensações realizadas pelas empresas tiveram um impacto maior para as mulheres.

Em resumo, não podemos culpar nenhuma empresa pois a questão é muito mais ampla e não sendo um problema também somente do setor tecnológico. 

Além do trabalho…

42% das mulheres em tecnologia dizem que assumiram a maior parte dos afazeres domésticos durante a pandemia, em comparação com apenas 11% dos homens. 

Como você pode ver, as mulheres têm quase 4 vezes mais probabilidade de assumir a maior parte do trabalho doméstico durante a pandemia. Os homens que foram entrevistados disseram que também reconhecem esse padrão. 

Os empregos na indústria de tecnologia podem ser bastante exigentes. Mas os cargos de tecnologia geralmente oferecem horários flexíveis e a capacidade de trabalhar em casa. Isso pode tornar mais fácil para os profissionais de tecnologia realizarem tarefas domésticas em comparação com os de saúde, construção ou varejo. É estressante fazer uma reunião do Zoom com uma criança no colo, mas é possível.

A pandemia COVID-19 aumentou a quantidade de trabalho necessária em casa. Como as mulheres já faziam a grande maioria desse trabalho, agora enfrentam um fardo maior. Há mais trabalho a ser feito e as mulheres estão fazendo mais.

O impacto do trabalho remoto

A pesquisa de 2020 realizada pela TrustRadius descobriu que muitos trabalhadores de tecnologia se sentem mais produtivos trabalhando em casa. 57% dos profissionais de tecnologia disseram que eram mais produtivos e apenas 17% se sentiram menos produtivos.

Mas será que trabalhar remotamente dá às mulheres uma situação de igualdade nas empresas de tecnologia? Ou isso limita suas oportunidades de alguma forma? 

Quando perguntando para a pesquisa atual se o trabalho remoto ajudou ou atrapalhou as mulheres na área de tecnologia, as mulheres ficaram divididas. Por outro lado, os homens têm duas vezes mais chances de acreditar que o trabalho remoto teve um impacto positivo nas mulheres.

Mulheres na tecnologia 2021

Embora tenhamos visto algum progresso em direção à igualdade de gênero na indústria de tecnologia na última década, o número de mulheres ainda é muito inferior ao número de homens.  

Em 2021, 72% das mulheres em tecnologia são superadas em número pelos homens em reuniões de negócios em uma proporção de pelo menos 2:1. 

Em 2021, aprendemos que as mulheres têm mais probabilidade do que os homens de sentir que precisam trabalhar mais do que seus colegas de trabalho para provar seu valor.

Nossa pesquisa mostra que 78% das mulheres sentem que precisam trabalhar mais para provar seu valor no trabalho. Apenas 54% dos homens dizem o mesmo.

Mas como apoiar uma cultura de igualdade de gênero dentro das empresas?

Por fim, foi perguntado para as mulheres entrevistadas o que as empresas deveriam fazer para apoiar melhor as mulheres e pessoas de todas as identidades de gênero na indústria de tecnologia. Confira o que elas disseram:

  • 55% disseram que deve acontecer a licença maternidade e paternidade igualitária;
  • 57%  disseram que é necessário acontecer treinamentos e roda de conversa sobre assuntos relacionados a igualdade de gênero;
  • 72% disseram que querem oportunidades de plano de carreira igualitárias e mais transparentes.

9 principais conclusões do relatório Women in Tech:

COVID-19 afetou gravemente mulheres em tecnologia

Mulheres em tecnologia realizam ainda mais tarefas domésticas agora

Mulheres em tecnologia estão divididas sobre o impacto do trabalho remoto

A “cultura do irmão” ainda é difundida de acordo com as mulheres da área de tecnologia

As mulheres ainda estão em menor número na indústria de tecnologia

Mulheres em tecnologia precisam trabalhar mais para provar seu valor

Mulheres enfrentam mais barreiras para promoção em tecnologia

A igualdade de gênero não mudou no último ano

As empresas devem fazer 5 coisas para apoiar as mulheres em tecnologia

Gostou do conteúdo?

Aproveite e leia o artigo: Dados estatísticos das mulheres na tecnologia no Brasil.

Outubro Rosa: Como a Inteligência Artificial combate ao câncer de Mama?

By |outubro 15th, 2021|Categories: Inteligência Artificial, Mulheres na Tecnologia|Tags: , , |

Muitos já sabem que o outubro rosa é o

Comentários desativados em Outubro Rosa: Como a Inteligência Artificial combate ao câncer de Mama?

Inclusão da diversidade na tecnologia por meio da educação

By |julho 8th, 2021|Categories: Destaque na Home, Mulheres na Tecnologia, Parcerias|

Em um bate papo com a Victória Cristine Corotto,

Comentários desativados em Inclusão da diversidade na tecnologia por meio da educação
Por |2021-10-08T18:58:17-03:00outubro 8th, 2021|Mulheres na Tecnologia|Comentários desativados em Mulheres na Tecnologia: Desafios enfrentados na Pandemia

Sobre o Autor:

Ir ao Topo