Já aconteceu de você entrar numa loja, gostar de um produto, mas não ter no estoque do tamanho, cor ou estampa que você queria? Essa é uma situação delicada, pois além de gerar perda nas vendas pode acarretar a fidelização do cliente pela concorrência.

        Gerenciar o estoque é parte fundamental de qualquer empresa do varejo, pois o estoque está diretamente ligado ao lucro, e para não cair em erros que levam a esse tipo de situação se faz necessário haver uma constante auditoria do estoque. 

       Para algumas empresas pode parecer um bicho de sete cabeças essa tarefa, pois apesar de terem ferramentas que controlam os estoques em lojas físicas, torna-se difícil compilar e cruzar os dados com outras lojas de regiões diferentes. 

       Esse tipo de situação torna-se uma dor de cabeça para os gestores, pois é necessário a realização de um grande esforço para fazer levantamentos de um grande volume de dados e informações para gerar relatórios e, mesmo assim, corre-se o risco de erros nos relatórios por falha humana, em virtude da complexidade e tamanho das planilhas.

       Um bom gerenciamento de estoque ajuda a evitar a ruptura, que pode ocorrer tanto em lojas físicas, e-commerce e no centro de distribuição (CD). Além disso, podemos destacar outros benefícios:

  • lojas abastecidas;
  • controle de vendas;
  • rotatividade no estoque;
  • credibilidade junto ao cliente;
  • melhora no capital de giro;
  • diminuição de prejuízos.

 

       Manter um estoque eficiente no segmento de varejo é crucial para criar uma estratégia que abrange todos os envolvidos: gerentes, estoquistas, vendedores e o operacional no CD.

       Em algumas situações, quando a taxa de ruptura de uma loja encontra-se alta é um sinal de que as compras para o estoque não foram assertivas. Por outro lado, quando a escolha da coleção é feita com o perfil do público frequentador da loja, torna-se mais previsível o planejamento, evitando assim a falta de produtos no estoque tanto na loja quanto no CD. Como benefício direto desse planejamento, observa-se o aumento da taxa de conversão de compra na loja física.

       Nossos especialistas da Mindtek vêm atuando fortemente junto a grandes empresas do segmento de varejo implantando novas tecnologias de BI e integrações com as ferramentas existentes nos PDV e CD, trazendo assim uma visão holística do estoque.

       Através das principais ferramentas de BI realizamos integração das plataformas LINX e INDEVA, trazendo em apenas um dashboard informações precisas e atualizadas em tempo real sobre rupturas no estoque. Assim, é possível verificar informações cruzadas das lojas, setor de compras e no CD, podendo acompanhar cada produto disponível.

      A unificação do estoque com lojas físicas, CD e setor de compras ajuda a identificar quais produtos estão com melhor saída, isso traz um fluxo unificado para atender expectativas do seu cliente seja em qualquer momento de compra dele.

      Por isso se faz necessário ter uma plataforma que atenda a demanda dos gerentes operacionais para atender os consumidores finais e trazer mais lucro para a empresa. 

Nesse artigo trouxemos uma pequena análise de um dos casos de sucesso da Mindtek, ficou interessado na aplicação e deseja conhecer como a Mindtek pode ajudar seu negócio através das técnicas em Business Intelligence?

Entre em contato conosco solicitando uma demonstração através do e-mail contato@mindtek.com.br

Receba conteúdos exclusivos mensalmente.

Inscreva-se na Newsletter #NewsMind

4 dicas fundamentais para estruturar uma área de BI

By |agosto 11th, 2021|Categories: BI, Big Data, Consultoria BI, Data Discovery, Destaque na Home|Tags: |

Muitas empresas planejam estruturar uma área dedicada à Business

Comentários desativados em 4 dicas fundamentais para estruturar uma área de BI
Por |2021-03-09T17:15:22-03:00março 9th, 2021|BI, Consultoria BI|Comentários desativados em Solução de Business Intelligence – Como diminuir a ruptura no estoque?

Sobre o Autor:

Ir ao Topo