Go to Top

Mulheres no Mercado de Tecnologia da Informação

Conheça as mulheres que fizeram e ainda fazem história no mercado da tecnologia.

Contra tudo e contra todos, as mulheres desempenharam um papel fundamental na história da tecnologia. 

O mercado de TI teve como pioneiras mulheres em seus estudos tecnológicos, realizando avanços tecnológicos fundamentais na história, em uma época em que o setor era pouco explorado e lucrativo. 

Como exemplo temos:

Ada Lovelace foi responsável pelo desenvolvimento do primeiro algoritmo a ser processado por uma máquina (a máquina analítica de Charles Babbage).

Grace Hopper criou o primeiro software de computador (o primeiro computador eletrônico comercial e aplicações navais para COBOL)

No Brasil, tanto na UNICAMP quanto na USP, as primeiras turmas voltada à tecnologia eram predominantemente formadas por mulheres. Mas conforme o mercado foi ganhando visibilidade, os homens começaram a procurá-lo e se tornaram maioria absoluta. 

Mas o aspecto mais curioso aqui é o seguinte: quando as turmas de cursos com foco em tecnologia começaram a ser criadas em nosso país, a maioria dos estudantes dessas fileiras eram mulheres. Assim sendo, boa parte dos pioneiros em computação no Brasil eram mulheres. Mas por que razão a situação se inverteu tão drasticamente? A resposta é bem simples: as mulheres estudavam tecnologia quando a profissão era nova no país e ainda não dava dinheiro. Mais tarde, quando a formação nessa área se tornou mais valorizada, os homens passaram a buscar essas cadeiras.

Felizmente, vivemos uma época em que não é difícil encontrar exemplos de mulheres em altos cargos de grandes empresas relacionadas com tecnologia:

Marissa Mayer foi a vigésima funcionária a ser contratada pelo Google, onde trabalhou por muitos anos. Foi vice-presidente de serviços geográficos e locais do Google. Em 16 de julho de 2012, Mayer foi nomeada presidente e diretora executiva do Yahoo!.

 Meg Whitman é CEO da Hewlett-Packard, com passagens anteriores pela Disney, DreamWorks, Procter & Gamble e pela Hasbro.

Sheryl Sandberg é COO do Facebook, desde 2008. Em junho de 2012 também foi eleita pelos membros para o conselho de administração da empresa, tornando-se a primeira mulher a ocupar tal posição na companhia.

Será que não chegou a hora do Dia Internacional da Mulher deixar de ser uma data em que as mulheres recebem apenas flores e bombons e precisamos ouvir comentários elogiosos sobre mulheres que conseguem ser guerreiras sem deixar de lado a delicadeza?

A boa formação profissional é um direito de qualquer um que a deseje. E um bom profissional é aquele que desempenha bem tanto suas tarefas técnicas como as tarefas sociais, o relacionamento com os colegas de trabalho. Não precisamos deixar a primeira parte para os homens e a segunda para as mulheres — ambos devem coexistir dos dois lados.

O mercado de tecnologia ainda é um setor dominado pelos homens. Isso está mudando? Sim. A paridade entre homens e mulheres já é a ideal? Longe disso.